As redes sociais estão divulgando uma matéria que diz que Cuba é o único país da América Latina e do Caribe livre da desnutrição infantil... 

Infelizmente esta linda e solidária realidade me entristece. E me entristece porque penso nos argumentos dos que são contra o Fidel a qualquer custo... me entristece por que vejo a que ponto da inversão de valores chegamos nos dias de hoje, nos dias desta terrível hegemonia de uma sociedade do consumo, coisa, aliás, muito mais avançada do que a economia de mercado do início dos anos 2000.

Dizem alguns críticos: não se pode comprar um celular na ilha... a imprensa é controlada pelo estado, vociferam outros. Meu deus, e chamo o Deus de todas as religiões, como chegamos a este nível? Um celular vale mais que a vida humana de milhares de crianças! E mais, aqui, na chamada terra da imprensa livre, a mídia é na verdade controlada pelos anunciantes... Se uma empresa coloca anúncio em um jornal, as matéria sobre ela são sempre temperadas com um certo grau de compreensão, quando não coloca são atacadas até colocarem... E no entando reclamam do Fidel... Dizem que ele controla a mídia... É, controla a mídia e controla a nutrição das crianças, não deixa existir a desnutrição!

Sabem vocês que em Cuba a licença maternidade é de 1 ano? Sabem vocês que o leite é distribuído gratuitamente para crianças até os sete anos de idade? É... mas as palavras daquela blogueira idiota (Yoani Sanches) tem mais repercussão nos canais dos telejornais dos países capitalistas do que a desnutrição destes mesmos países, e do que a ausência de desnutrição na ilha daquela pateta.

Sinto muito pelo Fidel Castro, muito mesmo. Mas sei que os seus olhos e os seus sentimentos estão voltados para a humanidade e para a infância, e sei que ele se sente redimido das injustiças globais deste planeta de beócios.

Fidel foi preso em 1955 pelo assalto frustrado ao quartel de Moncada, em Cuba. Na sua defesa ele disse uma frase que é histórica: "condenar-me não importa, a história me absolverá." Pois da minha imensamente diminuta importância para o mundo, tenho apenas uma coisa a dizer-lhe: - não precisa da história, pois o presente destas crianças que não sofrem de desnutrição está por absolvê-lo diariamente, e mais do que isso, mesmo sem que eu creia muito, posso garantir que se houver justiça sobre humana, ela está a abençoá-lo desde sempre.

Vida a longa a Fidel! Salve a Revolução Cubana!

Vistas: 49

Comentario

¡Tienes que ser miembro de Blogueros y Corresponsales de la Revolución para agregar comentarios!

Únete a Blogueros y Corresponsales de la Revolución